Conheça as redes sociais novas que prometem bombar em 2021! 

Vero

A rede nasceu em 2015, mas começou a ganhar notoriedade em 2018, quando famosos e influenciadores digitais passaram a utilizá-la. 

Ela oferece uma excelente vantagem: não tem anúncios e não usa algoritmos. Motivos pelos quais ela tem se tornado a aposta de muita gente. 

Mas engana-se quem acha que as empresas não podem aproveitá-la. Apesar de não permitir anúncios, é possível sim vender produtos e, para isso, a rede social cobra uma taxa sobre a venda. 

A rede social pode ser utilizada apenas na versão mobile, como aplicativo! O site da marca contém apenas informações institucionais. 

WeChat

Este aplicativo é o queridinho na China. E como tudo que bomba na China, algum momento se espalha para o resto do mundo, é de se esperar que ele comece a se popularizar por estes lados, principalmente quando todas as funcionalidades que estão presentes por lá, aparecerem por aqui. 

Hoje, o WeChat é apenas mais um mensageiro para nós. Mas na China ele é conhecido como um Super App, com diversas funções essenciais para o dia a dia. Veja algumas: 

  • acesso a serviços públicos; 
  • agenda consultas médicas; 
  • transfere dinheiro pelo WeChat Pay; 
  • aluguel de bicicletas e serviços de táxis;  
  • uso de transporte público;  
  • agendamento de voos; 
  • compra ingressos de cinema; 
  • pedir comida; 
  • adquirir produtos de grandes redes ou de comércios locais; 
  • reserva de hotéis; 
  • encontrar liquidações relâmpagos; 
  • fazer compras compartilhadas com outros amigos; 
  • pesquisar por produtos usados; 
  • descobrir casas para alugar ou vender. 

Telegram

Se você ainda não usa com frequência este mensageiro, com certeza já foi convidado pra entrar em algum grupo que utilizava esta plataforma como canal principal. 

Os grupos do Telegram explodiram durante este ano de 2020 e prometem continuar em alta para 2021 por conta de suas vantagens: limite de até 200 mil pessoas em um grupo e possibilidade de personalizar as permissões de administradores e usuários. 

Para manter esse crescimento, a rede social anunciou uma novidade no final de 2020: a possibilidade de chamada de voz!  

Agora, o grupo que você fez com os seus potenciais clientes ou amantes da marca também podem interagir por meio de uma sala de conversa. 

Além disso, o app conta com outras vantagens como a facilidade para integrar bots em conversas, opções de games dentro do aplicativo, envio de arquivos de até 1,5 GB, possibilidade de alternar entre várias contas do telegram no mesmo dispositivo, agendar o envio de mensagens, controlar a frequência de mensagens nos grupos, enviar uma mensagem sem notificação de som e até a possibilidade de criar enquetes. 

Twitch TV

Mais uma rede social que teve um crescimento enorme durante a pandemia, atraindo usuários que estavam de saco cheio da TV e das mídias sociais tradicionais. 

A Twitch TV surgiu como uma plataforma que permite que qualquer pessoa crie seu canal de streaming. Os gamers tomaram conta e são a maioria por lá, transmitindo suas partidas ao vivo.  

No entanto, a plataforma permite diversos tipos de conteúdo, sendo um prato cheio para marcas que desejem criar streamings e conteúdos on demand em canais próprios

Com a previsão de que o isolamento social se manterá por algum tempo — em menor escala, é verdade — durante 2021, a Twitch TV deve se manter como uma alternativa também para artistas que estão fazendo shows e programação exclusivas. 

Medium

Se você tem um blog, cria conteúdo em texto, quer ser lido pelo seu público, certo? É aqui que o Medium se difere de outras redes. 

Nesta plataforma existe uma mistura entre Wordpress e Twitter, onde é possível criar blogposts, participar de grupos de discussão e acumular seguidores, que podem se inscrever para receber todos os conteúdos lançados. 

Se sua marca cria conteúdos em texto e deseja formar uma comunidade fiel, que consome o que você publica, o Medium pode ser uma ótima escolha. 

Reddit

O Reddit é uma daquelas redes que faz sucesso estrondoso internacionalmente, mas ainda não deslanchou por aqui, o que pode ser uma ótima oportunidade para quem chegar primeiro por lá. 

A rede possui uma base de 52 milhões de usuários ativos diariamente e cresceu 44% em relação a 2019, ao contrário de outras plataformas que perdem usuários e relevância ao passar dos anos.  

Lá o usuário pode participar de fóruns de temas diversos, criando votações e encontrando espaço para debater sobre qualquer coisa. Um excelente lugar para marcas buscarem tendências e ver o que seu público está pensando. 

Houseparty

Mais um que explodiu durante o período da pandemia. O Houseparty permite algo que não existia em aplicativos como Instagram, Messenger e Whatsapp: chamadas em vídeo entre até 8 pessoas. 

Com essa possibilidade e contando com jogos e interações dinâmicas, o app virou febre entre os jovens, que puderam se aproximar de outras pessoas, mas mantendo o distanciamento. 

MeWe

Uma das grandes preocupações dos usuários hoje em dia é quanto à privacidade e à segurança dos dados.

Os últimos problemas com o Facebook relacionados à candidatura do atual presidente Donald Trump trouxe esse assunto à tona.

Então, o MeWe trouxe uma inovação que é o não armazenamento de cookies. Isso quer dizer que os seus dados não ficarão 100% armazenados no aplicativo, apenas aqueles que você mesmo oferecer.

A interface é muito parecida com o Facebook, bastante intuitiva. Agora, quem quiser usar algumas funções extras da rede precisa pagar uma taxa cujo valor depende do plano escolhido.

Quora

Quando você faz alguma pergunta no Google é muito comum aparecer como resultado o Yahoo Respostas, não é mesmo?

O Quora é bastante parecido com o Yahoo Respostas, só que é voltado para fins profissionais.

Portanto, se você está começando em uma carreira e não entende muito bem sobre alguns termos ou conceitos, por exemplo, você pode pesquisá-los ou pedir ajuda pelo Quora.

Dele fazem parte grandes nomes e personalidades como o ex-presidente Barack Obama. Já pensou ter uma dúvida respondida por ele? E, se você acha que o Quora é novidade no Brasil, saiba que ele está ativo por aqui desde 2009.

© 2021 Método Escala. Todos os direitos reservados.

Para ver mais, acesse nossas redes!